EM ACTUALIZAÇÃO

 

 

 

 

-
00:00 / 00:00

Despertando pessoas e criaturas do mais profundo dos sonhos,

a deusa ÉOS derrama o orvalho pelas folhas, anunciando assim

um novo amanhecer

 

 

                                              

© Ana Calhau 2014